INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Um Ano!!


E não é que este meu blog fofo fez um ano inteirinho no dia 24 e eu me tinha esquecido completamente de assinalar data tão importante?! Ai que desnaturada.

Blog fofo, parabéns, és muito fofinho e estás para durar, gosto muito de ti.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Lullabye

Para o Pedro as horas da caminha começam sempre assim:

Quando a lua acordar
Coisas que a vida tem
Vai-se o mundo deitar
E tu também
Ai quem me dera ir
Dentro do sol morar
Nunca ter de ir dormir
E só brincar
E milhões de aventuras viver
Com as estrelas no céu a correr
E à terra apenas voltar se eu quiser
Quando a lua acordar
Tu vais adormecer...

É a única canção de embalar que eu conheço de cor, do princípio ao fim e em português. Além de que adoro o Vitinho, claro!

E passados tantos anos, esta música agora toca mais fundo do que quando passava todos os dias na TV. Não só pela nostalgia do antigamente, mas sobretudo porque diz tudo o que às vezes sinto, tudo o que me apetecia fazer, lá bem no fundo e se fosse possível. Só às vezes... Juro que até já chorei a cantá-la ao Pedro, num misto de delírio de cansaço e autocomiseração. Eu sou óptima a sentir peninha de mim! Uma verdadeira pro.

Enfim. Aqui fica a versão patrocinada pelo tio Belmiro e a perturbadora Leopoldina, trazida pela mão do GENIAL David Fonseca. O disco da Leopoldina deste Natal vale mesmo a pena comprar, está cheia de versões super style de canções infantis, com o bónus de angariar fundos para a Missão Sorriso, só coisas boas!


quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Também adoro

Macacões e jardineiras. Não sou muito esquisita, portanto... Um bebé da idade do Pedro é mesmo pequenino, deve vestir-se como um bebé. Há tempo para as gangas, as calças com breguilhas e as camisas, por enquanto o meu bebé vestir-se-á como um baby, daqueles de brincar... E sem bonecada, pelo amor da santa!

Zara




Jacadi

Os meus preferidos são os acolchoados da Jacadi, são super quentinhos e confortáveis, a qualidade é imbatível, mas também os há giríssimos em tooodas as marcas que se possam imaginar, basta passar as mãos pelos cabides.
Eu adorava postar algumas imagens de roupinhas de marcas portuguesas maravilhosas como a Knot, Ovo Estrelado, Laranjinha, Gama Rústica, ou a já referida DOT, mas ou simplesmente não têm site, ou não têm fotos, ou não há fotos de jeito, ou não há fotos sacáveis. É uma pena, assim não há publicidade gratuita que aguente, nada a fazer!! Senhores das marcas portuguesas, atentem nas Zaras, Lanidores e Jacadis desta vida, modernizem os vossos sites, melhorem a qualidade da vossa imagem on-line e toda a gente vai ganhar com isso...

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Tão fofos, os fofos!

Adoro. São as peças de roupinha de bebé por excelência, as minhas preferidas para todo o ano, para além de práticos e confortáveis, os fofos são tão fofos!

Lanidor


Zara


Os melhores, mais giros (e mais baratos) são os da D.O.T., uma marca portuguesa maravilhosa de venda exclusiva on-line, mas os da Lanidor e da Zara também são adoráveis. O bebé Pedro parece um anjinho dentro de um, nem nos lembramos que os seus pulmões são demoníacos!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Do verbo sorrir


Já não é um esgar, já não é um reflexo. Já não lhe surge nos lábios involuntariamente, quando está em delírio degustativo ou em pleno sonho.

Já é uma resposta, uma reação. O meu filho olha para mim e ao meu sorriso responde. Com um sorriso.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Quem não chora, não mama

Antes que ele volte a chorar, vamos à crónica da alimentação do puto. É agora, tudo ou nada!
Amamentação, na maior. Desde a primeira meia hora de vida que o Pedro tem feito mesmo pela vida e nunca me deu chatices. Pegas, subidas de leite, gretas, suplementos, nunca tive nem tenho de pensar nessas coisas, tive MUITA sorte. Quando parecia que a coisa estava a começar a descambar porque o Pedro começou a fazer intervalos mais irregulares (primeiro passo para mamas a fazer de chupetas, pais reféns dos não-horários dos bebés, sonos irregulares e todos esses dramas de faca e alguidar), pusemos o E.A.S.Y. em ação e num instante o miúdo entrou nos eixos e a família ficou feliz. O Pedro acorda como um reloginho de três em três horas, quando não acorda tem apenas tolerância de meia hora e acordamo-lo nós e só à noite agradecemos mais umas horas seguidas de sono, que às vezes nos são presenteadas, outras não.
Para além disso, ainda não passámos pela provação das cólicas a sério, ele já deu uns coices, já puxou pelas goelas, já andou chateado com a vida ou com o estômago, mas nada que durasse muito tempo ou fosse regular. Talvez fosse um pico de crescimento, talvez fosse pelo facto de ter andado um pouco ranhoso, graças à constipação que o pai lhe orientou, o facto é que ele kickava, nós consolávamos, ele calava-se. E pouco depois voltava à carga ou adormecia. É a vida.
Começando pela boca, passando pelo estômago, acabando nas fraldas, que a parte mais emocionante da vida de um recém-nascido resume-se a isto, as dele têm SEMPRE brinde. Muito, MUITÍSSIMO ou pouco, conto pelos dedos de uma mão as fraldas do puto que não têm cocó, às vezes verde, outras acastanhado, outras cor de mostarda, às vezes resolve mostrar em plena muda como faz bem o serviço... Socorro! É bom sinal, mas podia ser um pouco mais poupadinho. Ou vá, pelo menos mais concentrado, se é para fazer, faça tudo de uma só vez! Num só banho conseguimos usar três toalhas, porque o senhor sujou uma antes de entrar no banho e outra assim que saiu, fantástico...
Em resumo, estamos muito aliviados que 90% do que faz a rotina do nosso baby esteja em tão bom estado, isso faz de nós uma família muito mais descansadinha e contentinha. Esperemos que assim continue!


AS MARAVILHAS DA MATERNIDADE

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Estava eu a escrever um post descrevendo o quão querido o nosso bebé é, o relóginho para mamar, a ausência de cólicas, o fair-play entre mimos e auto-consolo, a previsbilidade nos choros, quando ele desata a chorar inconsolavelmente e cai tudo por terra.
Depois admiram-se de não haver novidades e relatos da vida do Pedro.
É para não agoirar, minha gente!!

sábado, 6 de novembro de 2010

Só para dizer que o sabão azul e branco é o melhor amigo de uma mãe que quer uma pré-lavagem super sónica e super eficaz. Imbatível. Pena que o sabão azul e branco não seja o melhor amigo de mãos sedosas e olfatos sensíveis. Too bad.

É para verem como as coisas andam...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...