INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Lenços - Diferentes formas de usar


Depois da inspiração de ontem, encontrei numa app muito gira da Hermés (silk knots) não só a forma como eu tenho usado os lenços - em turbante - mas ainda outras formas ideais. Quem mais para bem falar sobre lenços e as suas mil e uma formas de usar senão a Hermés?!

Aqui fica a partilha:







AS MARAVILHAS DA MATERNIDADE

 { Facebook }  { Instagram }  { Pinterest }



Giveaway One Watch Company & As Maravilhas da Maternidade

O Dia da Mãe está quase aí e temos um presentinho muito especial para uma mãe com pontaria!

Em parceria com a One Watch Company, vamos oferecer um relógio que diz tudo o que precisamos e queremos saber sempre que a pressa aperta na correria do dia a dia!



E para se habilitar a ganhar um destes relógios, à escolha, basta que:

- Deixe um Gosto na página Facebook d' As Maravilhas da Maternidade e da One Watch Company;
- partilhe este post em modo público deixando o link de partilha no formulário abaixo;
- siga o blog no Google Friend Connect ou no G+, na barra à esquerda;
- e preencha este formulário:


Cada pessoa pode participar três vezes, fazendo três partilhas públicas diferentes e preenchendo três formulários.
Participe até Domingo, dia 4 (dia da Mãe!), às 23:00 horas. O sorteio será feito entre a ordem de entrada dos formulários preenchidos via random.org.
Boa sorte a tod@s!

terça-feira, 29 de abril de 2014

Lenços - Inspiração

Nas últimas semanas, em terrible hair days (tenho tido mais do que gostaria...), em vez de simplesmente apanhar o cabelo, tenho sacado de lenços longos e finos, dou-lhes umas voltas na cabeça e lá me tenho safado melhor. Afinal, até gostei! Têm dado um toque mais composto e simultaneamente original a simples apanhados de falta-de-solução.


De facto, lenços de todos os tamanhos e feitios são óptimos complementos e remates para qualquer ocasião e estado de espírito. Sobretudo aqueles em que estamos aflitas ou a precisar de um efeito um pouco mais especial! E este ano os lenços estão em alta, literalmente! Porque além de pescoços e ombros, estão mesmo no topo, a emoldurar o rosto.
Para inspirar a usar mais e mais esta solução, para o fim-de-semana, para as férias, para o calor e o descanso, aqui fica a inspiração que recolhi pelo Pinterest de lenços a rematar o look, ao alto:




AS MARAVILHAS DA MATERNIDADE

 { Facebook }  { Instagram }  { Pinterest }

sábado, 26 de abril de 2014

Este post perdeu-se nos rascunhos - Cagaréu

O Pedro já diz praia, sol, balde, pá e areia.
Sem erres.

Cagaréu é!

Andava a passear pelos rascunhos deste blog - tenho IMENSOS posts em ideias, em esquissos, que ainda não viram a luz do dia ou que passaram entretanto a validade - e lá estava este entre os que ficaram na altura incompletos e nunca chegaram a sair. Li-o tão querido, a lembrar um Pedro tão pequenino ainda, que o achei acabado e perfeito, pronto a postar, lembrando agora esses tempos que parece que já foram há tanto tempo...

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Estatísticas da vida

Nisto da maternidade e da vida, acredito que um teste instantâneo à nossa sorte e felicidade, é lembrarmos-nos dos nomes xpto impronunciáveis de farmácia que nos vêm à cabeça, assim de repente:

Ben-u-ron
Brufen
Nahrinel
Rhinomer
...
Vigantol!

Quanto menos e mais básicos, melhor.
Espero continuar na doce ignorância por muitos e bons anos.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Mudar de assunto

Depois de um dia inteiro cheio de várias doses de:

- viagens de carro
- miúdos à perna
- Pedro que foge
- poses fotográficas
- Miguel que chora
- pensamentos e declarações maternais
- Pedro que faz ouvidos moucos
- calor e vento frio
-mudas de roupa
- barrigas indisfarçáveis
- fotografias
-mudas de fraldas
- Miguel que não dorme
- considerações filosóficas
- Miguel que mama pouco
- idas ao xixi
- Pedro que não fala e não se cala
- corridas contra o tempo

...

Fiquei sem assunto



Fica a expectativa pelos resultados, que serão perfeitos.

terça-feira, 22 de abril de 2014

Compêndios visuais

Adoro estes esquemas, estes autênticos compêndios visuais, que reunem em si tudo o que há para conhecer de uma mesma categoria. São giríssimos por si, e resultam lindamente como decoração, em posters, que podem ser encomendados aqui, por exemplo.



Love it!








segunda-feira, 21 de abril de 2014

Ajude a APAV com os seus impostos - Anexo H

A APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima-, para o cumprimento da sua missão social de apoio às vítimas de todos os crimes, e especialmente as vítimas mais vulneráveis, conta com o apoio solidário de muitos doadores e cidadãos. Em 2013, foram apoiadas por semana cerca de 19 crianças e jovens, 134 adultos e 15 pessoas idosas vítimas de crime e de violência.

A doação através da consignação de 0,5% do IRS no preenchimento da declaração anual de IRS é muito importante para que continuemos a prosseguir o Apoio às Vítimas. Os donativos são um importante suporte financeiro para a missão da APAV.

Ao preencher o Anexo H do IRS, dê uma fracção mínima da sua colecta à APAV.


Vidas... em matchy-matchy

Há vidas assim, que têm momentos "em grande", como todos nós, só que os deles, são supersized.

Noivado, casamento e saída da maternidade dos duques de Cambridge, Kate e Wills para os amigos, com baby George Alexander

Ao fazer pesquisa sobre a viagem destes fofos downunder e ando a dar com cada Tumblr...

Anyway, esta família é PROFISSIONAL do matchy-matchy! Na versão 1.0 dos tons de azul, mas ainda assim, altos pros.

Em azul escuro, básico.


 Com o amarelo como accent color. Aquela cor que, contrastando, combina lindamente e une todos os outros tons e padrões. Na Kate, sempre, esperta.


Filho e pai, em azul e branco, num riscas, noutro quadrados
E a Kate tem igual (diz que são da Gap), mas felizmente não usou a dela na mesma ocasião, seria um pouco demais, vamos combinar...




Em várias tonalidades, sempre azul.


domingo, 20 de abril de 2014

§ 16/52 §


O Pedro, na pele do Jake, directamente vindo da Terra do Nunca. É tão giro vê-lo a brincar de imaginar. Em menos de um ápice, ele entra noutra dimensão, fala outra língua, com personagens que só ele vê, com objectos que só ele vê. 

A melhor curta do Pedro desta semana:
- Pai, o "BUUHH" funciona melhor quando estou escondido!

É o que nós dizemos: o miúdo pode ter muitos defeitos (que não tem, é apenas muito... vocal!), mas lá ser feio não é um deles ...

O Pedro e o maninho cada vez mais cúmplices, é tão giro vê-los! O amor fraterno continua muito viril, como diriam os comentadores de futebol, mas o maninho já não se deixa impressionar, adoram-se.
O Pedro borrifa o mano e ele ri-se às gargalhadas. Eu logo vi a minha vida a andar para tras, mas não sou capaz de parar esse momento tão cúmplice. Claro que agora lá vem borrifadela de sopa e papa e aí já não acho piada nenhuma... Mas vale por vê-los tão cúmplices.

A portrait of my children, once a week, every week, in 2014.


sexta-feira, 18 de abril de 2014

As Maravilhas da Maternidade

O Miguel está em cheio na fase de guinchar.
É agora, eu sinto-o nos ossos, das duas uma: ou eu lhe coso a chupeta à boca ou é agora que ele vai pela janela fora.
e l e n ã o s e c a l a

Voltem os tampões para os ouvidos, rapidamente e em força.



quinta-feira, 17 de abril de 2014

Se fosse eu

Ora, se eu fosse a própria da Kate, cintura, cabelos e tudo, e tivesse já não o rei na barriga, mas sim nos braços, e  andasse a passeá-lo pelos Antípodas, o que lhe vestiria eu, depois da colherada que meti aqui?

Se todas as perguntas na vida fossem tão fáceis de responder...


Fofo DOT, para o friozinha da Nova Zelândia.


Tapa fraldas Piupiuchick, para um momento de descontração

Laranjinha, em branco puro


Ma Petite Princesse, para visitar os cangurus e koalas!

Maria Bianca, para momentos de ternura com sua maman...

Ficaria ou não ainda mais amoroso?!
Kate, estamos combinadas!

Etiqueta de parquinho infantil

Quando vamos para um parquinho brincar, eu deixo o Pedro sempre muito livre e solto, concordo completamente com este texto e por isso deixo-o muito à vontade. Ele faz amigos instantaneamente, trata-os a todos por Menino ou Menina e quer é brincar muito.
Se tenho de podar a brincadeira, é para  o impedir de abalroar os outros ou melgar os mais velhos (que tendem a ter muita pachorra para ele, são sempre muito queridos) ou de sair disparado com a bola dos outros, deixada incauta pelo chão. Ou ainda para lhe amparar as lágrimas quando se magoa, o que acontece sempre, pelo menos uma vez. Mas ele é rijo.

Pelo contrário, enerva-me profundamente aqueles pais que estão sempre de volta dos miúdos, que não os deixam em paz, sempre a gritar recomendações e cuidados. Atrapalham-nos. Cortam-lhes a brincadeira, o raciocínio, a dinâmica de grupo. Os miúdos não lhes ligam nenhuma, de tanto os ouvir. Como nós não estamos sempre a chamar pelo Pedro, quando o fazemos, ele até vai ouvindo à primeira. Excepto quando está a fazer ouvidos moucos, uma péssima mania que tem tolerância ZERO, já tem ficado de castigo à conta dessa brincadeira, espero que lhe passe rapidamente...

Enfim, pais melguentos são muito chatos para os miúdos. E para mim também.
São melguentos para mim, em primeira linha, porque tenho de estar a levar com eles nas brincadeiras que são partilhadas com o meu filho. Desamparem a loja aos putos, afastem-se!
Mas também são chatos porque às tantas me põem a pensar que provavelmente eles estão a pensar que a mãe "deste menino" (o meu), "quem quer que ela seja" (porque não estou à vista assim à primeira) está-se a marimbar para a pobre ou selvagem criança que anda por ali a correr feita maluca e desamparada (a minha). Ou o meu filho passa por coitadinho ou por selvagem, mas eu sempre passo por mãe ausente. Nunca me livro dos olhares de "Até que enfim!" quando finalmente entro em cena. E lá me sinto eu mal porque não estou a dar a devida assistência ao meu menino, ou porque pior, o meu menino meteu-se com o menino ultra velado e até lhe está a falar e a desafiar para a brincadeira e tudo.

Juro que mais vezes vou ter com o Pedro para mostrar aos paizinhos extremosos que o meu Mogli também tem pais e que eles estão atentos, do que por ser verdadeiramente preciso. Tenho que me deixar destas peneiras, pesam-me as pernas.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Brilhar no escuro

Quando eu era pequena tínhamos no nosso quarto. Agora, também o Pedro já tem e adorou. Eu tinha uma constelação no tecto. Ele tem um pequeno exército de insectos parede acima, a fazer-lhe companhia no sono. São os seus novos bichinhos de estimação, adorou!


É mesmo das coisinhas mais encantadoras que podemos ter no escurinho do nosso quarto. Sim, no dos miúdos e no nosso também. Aliás, tenho um conjunto oferecido pelo meu então namorado que já mudou de parede duas vezes e ainda não voltou a fazer parte da nossa parede actual, imperdoável! 
Uma surpresa tão barata, tão simples, tão eficaz, tão especial ***

Pequeno Príncipe George

Não se aguenta tanta fofura!!
O pequeno George é muito querido, um vivaço bem disposto, quase quaaaase tão giro quanto o meu baby M. Tenho dito.
Mais, se ele fosse vestido por qualquer das marcas portuguesas que têm propostas tão giras, ele estaria ainda mais adorável! Kate fofa, nós sabemos que está a apoiar as marcas inglesas de roupinhas infantis e tal e coisa, MAS deste lado do Pond há propostas ainda mais queridas! Venha ver!

§ Se conseguimos enraizar naquelas bandas chá e vinho tinto, ora agora está na hora da baby fashion! §

Parte I da primeira viagem do pequeno príncipe George, neste post, à Nova Zelândia.








Fofos e calções de peito, com golinhas redondas e meia curta. Nada que saber, clássico até à medula.
 E agora, segue-se a Austrália. Será que o bom tempo vai trazer mais passeios?




AS MARAVILHAS DA MATERNIDADE

 { Facebook }  { Instagram }  { Pinterest }

O sol abriu

E fomos fazer fotossintese, como todos os outros portugueses. Já tínhamos todos saudades! Apesar de dizerem que entretanto as temperaturas vão baixar AGAIN, para já, para já, o tempo está maravilhoso.
Com este Inverno tão rigoroso e início de Primavera deplorável, parece que até já tinha esquecido do bom tempo que é suposto fazer em Portugal nesta altura do ano - e em todas as outras alturas, já agora.

Agora sim, nada como a verdadeira chegada da Primavera para me lembrar porque é esta a minha estação preferida do ano. É nestes tempos que mais vezes me acontece pôr um pé na rua e sentir
m a r a v i l h a  por todos os poros.

É aquela sensação primeira que se sente por uma fração de segundo, aquela primeira impressão assim que se sai. Depois pode passar, mas é aquele primeiro choque térmico
Mais uns graus e eu levo sempre com a parede de calor, menos uns graus e o frio é desagradável. Mas na Primavera, há imensos dias de   m a r a v i l h a   por todos os poros, de equilíbrio perfeito. Isso, além de ser revigorante ver as florzinhas a despontar, os passarinhos a chilrear, a mudança de horário... é todo um poema! No nosso carro pequenito, o das voltinhas rotineiras na cidade, é sempre Primavera, eu nunca me dou ao trabalho de mudar a hora por lá, é sempre primavera. E é por isso que a Primavera é a minha estação preferida do ano, é mesmo a que me faz sentir melhor.

***

Entretanto, eu devia receber uma medalha por gerar dois novos seres humanos neste mundo, criá-los para serem cidadãos activos e integrados, e conseguir tirá-los de casa para aproveitar a natureza!
A sério, ter o baby a chorar desalmadamente desde o momento em que lhe visto o casaco até o momento em que saímos de casa faz-me questionar isto de "sair para descontrair", de tão stressada que fico! 

terça-feira, 15 de abril de 2014

Os manos

Este Sábado comemorámos mais um ano da prima mais crescida do mundo, numa festinha cheia de sol e boa disposição, mesmo a combinar com a alegria da Rica Sobrinha I (quem vem dos primórdios do blog lembra bem...) e eu pude finalmente estrear um pouco de primavera/verão a valer!


O Miguel vestiu um fofo lindo, alegre e fresquinho da Ma Petite Princesse, que está com uma loucura de coleção este ano, aliando aos modelos delicados e suaves que são seu ex libris, propostas mais divertidas e coloridas. Eu que adoro esta cor entre o salmão e o morango fiquei super contente por ter o meu baby neste tom que fica tão bem a meninos como meninas. Amei, não deixem de conhecer toda a colecção, a querida Ana está de parabéns!

 Num coordenado óbvio ma non tropo, o Pedro puxou aos tons do maninho nos azuis, mas sobretudo no cherry apetitoso dos calções da mais deliciosa marca novinha em folha no pedaço, a maravilhosa Cherry Papaya. A cor é linda linda linda, fica super bem em qualquer tom de pele, levanta imediatamente o astral e o Pedro (que felizmente não apita no que veste...) esteve super confortável e fresquinho, que é o que mais lhe interessa.


Duas marcas bem portuguesas de duas queridas almas empreendedoras e fazedoras de coisas boas e giras, tão giras!

Fiquem com os vídeos dos lookbooks respectivos, estão uma graça!







CherryPapaya Kids from CherryPapaya Kids on Vimeo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...