INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

terça-feira, 27 de julho de 2010

Socorro!

Qual é o REI dos colchões? E qual é o PIOR colchão de todos os tempos, de fugir?

Queria um colchão para a cama de grades/berço que fosse simultaneamente duro, mas bastante arejado, para o meu baby não transpirar demasiado. Uma mistura de látex e molas. Mas onde? Que modelo? A que preço? Estou indecisa e tenho dois finalistas, mas gostava de saber da vossa experiência, please...

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Especial Casamentos

O que vestir num casamento quando:
a) se está com 27 semanas de gravidez;

b) está um calor infernal;

c) o gozo de saltos altos e pernas delgadas são uma questão de tempo e um milagre, respectivamente?


Resposta:





(o close-up dos detalhes, com direito a fitinha do vestido... urgh!)


Pois está claro! Nada mais básico: Vestido longo e fluído e sandálias rasas (no meu caso, umas douradas de tiras)


E não fui a única a pensar assim. Aposto que a Inês Castelo-Branco andava a sentir a mesma coisa que eu à mesma hora, do mesmo dia... mas não no mesmo local, não! O "casamento do ano", para mim, foi bem outro...


sexta-feira, 23 de julho de 2010

Desafio

Como passar disto...

... para isto...... e agora vem a parte diabólica...

... apenas removendo o sofá e pouco mais? HA!

Pois é, estou tramada! Mas vamos com calma, o meu objectivo realista passa mais por aqui...

À volta do meu umbigo



A minha barriga não está para brincadeiras, ela vai crescer e nada a vai impedir de ficar gigante!! Tem dito.


Ela comprime o meu diafragma e cai pançuda para onde quer que eu me vire. Ela já dificulta ou impede muitos movimentos e está esticada como um tambor (à noite então, é demais!), com o umbigo cada vez mais saliente. Cresce, cresce. Mas os meus abdominais ainda estão em acção, é engraçadíssimo! Sempre que me deito no sofá ou me levanto, ou faço outro movimento que exige esforço abdominal, a minha barriga de redonda passa a triangular, fica em forma de bico, eu distingo perfeitamente os abdominais de lado e nada no topo. É um pouco impressionante, mas eu acho piada, onde eles foram parar...Espero que não se entusiasmem com a nova posição e decidam voltar ao sítio de onde vieram!


Quanto ao que lá por dentro se vai passando, ou seja, quanto ao meu pequeno Pedro, anda a ouvir Xutos & Pontapés q.b. Imensas mães relatam combates de boxe intermináveis 24/7, mas este menino parece ser muito comedido em movimentos... ou talvez mais comedidos deviam ser esses relatos... De qualquer forma, já consigo estabelecer um padrão(zinho... uma espécie de padrão, vá!): todos os dias de manhãzinha, assim que acordo, acorda ele também, mas apenas enquanto vou virando na cama, à procura de uma última posição para dormir, só mais uma... Depois de eu comer, há sempre uma sessão de pontapés garantida, sobretudo à noite, para mostrar ao pai como anda a vida... E ainda sempre que à minha volta está silêncio e eu digo qualquer coisa e afago a barriga, lá vem ele dizer olá. É muito giro porque ele só se manifesta assim que me calo e param os afagos. Muito desconfiado. E enquanto o pai não deixa as mãos apenas pousadas o mais levemente possível, nada feito. Será que ele pensa que a costa está livre e pode kickar, que ninguém o vê, ou será que está a curtir a atenção e pede mais? Coitadinho, tão pequenino e eu já a interpretar os seus pontapés, pobre criança, já não se pode responder a um estímulo externo que saem logo disparadas teorias sobre personalidade e quereres!
Certo é que ele não gosta de apertos nem de confusões. Sinto-o muito pouco quando ando nas minhas voltas diárias ou quando à minha volta tudo é lufa-lufa. Umas vezes mais, outras vezes menos, que ele tem dias mais agitados e dias mais calmos, mas com certeza, eu só o sinto no zen...

quinta-feira, 22 de julho de 2010

quarta-feira, 21 de julho de 2010

E ao bater das 27 semanas...

... os meus tornozelos incharam.

Era apenas uma questão de tempo, pois eu sofro de má circulação e as minhas pernas nunca foram famosas pela sua finura ou lisura, mas sempre acalentei um Verão sem meias de descanso... Ledo engano!
Na segunda-feira à noite, ao descalçar as sandálias, deparo-me com um cenário dantesco de pés inchados, na terça-feira, não houve melhorias significativas, muito pelo contrário, hoje, quarta-feira, destino traçado: meias de descanso, daquelas grossas, 140 den, cor de pele, HORROROSAS, a envolver as minhas pernas por período indefinido. Pior do que o inchaço, os micro-derrames que já decoravam os meus membros inferiores têm vindo a multiplicar-se como ratos, como baratas, como tudo o que é vil e repelente... Estava mesmo na hora de agir, não havia volta a dar-lhe. Ao menos alguns pares de meias têm barras de silicone (que não apertam, apenas colam) e por baixo de um vestido comprido ou de calças pouco se notam. Menos mal. Mas sandálias com dedinhos ao fresco, agora só em ocasiões muito especiais, ou em plenas férias com as pernas alçadas. Vai ser tão bom!!

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Inconfessáveis

Sempre que eu tenho de fazer valer o meu direito de prioridade nas caixas de pagamento para grávidas (chamando discretamente a atenção da senhora da caixa, deixando a barriga bem visível, dizendo de forma calma e suave que "Queria ter prioridade, por favor" e aguardando que seja a senhora da caixa a pôr ordem na sua fila, coisa que geralmente faz com grande satisfação e zelo), o meu coração começa a bater com TANTA força que acho que é possível ver-se o dito aos saltos debaixo da roupa.

Até hoje nunca tive qualquer problema, mas estou sempre à espera de ouvir a primeira vozinha vinda lá do fundo a tecer as suas queixas para o ar ou para quem a queira ouvir sobre a sua pressa ou a sua incapacidade ou a sua velhice ou o meu abuso de direito...

quarta-feira, 7 de julho de 2010

terça-feira, 6 de julho de 2010

Constatações

Fui eu hoje para o teste de tolerância à glicose convencida que o líquido glicosado era abominavelmente doce e enjoativo e nunca mais conseguiria acabar de engolir tudo aquilo e a hora de espera nunca mais acabaria e ficaria com um gosto horrível na boca e à beira do vómito e depois tiraria imensas vezes sangue e que seria tudo de mau e "ai que eu não vou aguentar!"...
Por favor...
Quem está grávida está a propor-se carregar durante alguns meses e a final fazer sair de dentro de si uma melancia. 100ml de bacardi lemon sem alcool não me parece o fim do mundo. Vamos combinar...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...