INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Que dizes tu, bebé?

Topem-me esta teoria:

After testing her baby language theory on more than 1,000 infants around the world, Priscilla Dunstan says there are five words that all babies 0–3 months old say—regardless of race and culture:
Those "words" are actually sound reflexes, Priscilla says. "Babies all around the world have the same reflexes, and they therefore make the same sounds," she says. If parents don't respond to those reflexes, Priscilla says the baby will eventually stop using them.

Priscilla recommends that parents listen for those words in a baby's pre-cry before they start crying hysterically. She says there is no one sound that's harder to hear than others because it varies by individual. She also says some babies use some words more than others.
The Dunstan Baby Language system may set you on the road to interpreting your baby's cries. This program claims that sensations within babies evoke certain cries:
  • "Neh" = I'm hungry
  • "Owh" = I'm sleepy
  • "Eh" = I need to burp
  • "Eairh" = I'm gassy
  • "Heh" = I'm uncomfortable




Infelizmente apenas encontrei exemplos do primeiro som, o do início do choro de fome, lembro-me de ver este programa da Oprah na TV e os outros sons também se individualizam bem, mas nada como ouvi-los...





Nestes vídeos ouvem-se exemplos de todos, o último é até bastante completo, mas pode ser confuso distinguí-los...
Pelo visto, eu até acredito que pode haver diferentes sons e tipos de choros conforme as necessidades dos bebés, mas só enquanto o petiz não estiver desesperado da vida dele, o que pode fazer escapar estas subtilezas à mãe, que fica apenas com o choro desesperado para tentar acalmar. Além de que os sons podem confundir-se ou perder-se com o crescimento...

Acreditam nisto? Valerá a pena eu andar de orelha afiada e munida de cartões com os sons para tentar descodificar o pré-choro do meu baby? Ou será patranha ou ainda infelizmente uma teoria impossível ou pelo menos pouco provável?

7 comentários:

R. disse...

Que os sons sejam sp os mm é teoria q n compro! Que o bebé faz sons distintos consoante as suas necessidades, isso faz, e com o tempo a mãe aprende naturalmente a percebê-los, sem cartõezinhos, teorias ou aulinhas de por cabelo em pé!

Neste casos, é inspirar, expirar, e deixar o instinto actuar.

Nao te deixes enganar por essas coisas, porque poderão vir a ser um foco de frustração. E numa fase frágil de pós-parto, isso é tudo o que uma mãe não precisa.

Mas isto é, claro, a minha opinião!

**SOFIA** disse...

estou com a R. creio que uma mãe recente e "frágil" poderá sentir-se uma falhada por achar que não percebe o choro do bebé. confesso que ao fim de um ano por vezes a coisa ainda é misteriosa para mim.
por norma faço por exclusão de partes:

fome, sono, dores, mimo, fralda...

Simplesmente Ana disse...

Eu sempre achei piada a essa teoria, mas nunca lhe liguei nenhuma. Mas, o que é cerrto, é que um dia reparei que a minha filha dizia neh quando tinha fome. Era inegável. Vai-se lá saber.

Ana (mãe e de uma menina com 10 meses)

karu disse...

Meu doce,
Tenho que concordar com a Ana.
Eu sou o MAIS desconfiada possível em relação a estas coisas mas o papá achou que mal não fazia e por aqui temos o DVD (prontinho a seguir para as tuas mãos se quiseres).
E a babe dizia EXACTAMENTE esses sons, principalmente o sono e a fome... Coincidências? Acho que não..
De qq maneira, em 3-4 dias qq ouvido minimamente sensível percebe perfeitamente os nes e os oows, etc. ;)

Maria de Lurdes disse...

Ah, que bom, quero ver o DVD, apesar de entretanto sem querer já ter decorado os sons...

martabatista.com disse...

também fiz um post http://www.martabatista.com/2009/09/baby-dont-cry/
acerca do assunto... até porque na altura achei engraçado como coincidia com os sons que a Helena fazia :)

Crente disse...

É verdade. Ao início os sons parecem semelhantes, mas num instante se aprende a detecta-los. O neh então, é o mais fácil e foi o que me convenceu.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...