INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

No princípio era o verbo

O que eu adoro ver o meu péquinho a falar.
É a voz. Fininha, bebé, doce e macia.
É a forma como ele vira a cabecita de lado, mesmo meigo.
É o olhar que acompanha as palavras, de baixo para cima,muito indefeso, mesmo à filme.
Um charme! Um conquistador barato!

São as palavras que lhe saem. Muitas, todos os dias novas, algumas nem sabemos vindas de onde. Todas ditas com aquele jeito lindo e suave. Ou divertido e impulsivo. Ou rezingão e mimalho. Os bebés devem fazer uns cursos nocturnos de meiguice e mimalhice, não sei onde o Pedro vai buscar esta forma doce de ser e sobretudo de nos convencer...

É a coisa mais fofinha à face da terra vê-lo falar, perceber o que diz. Juro, não há igual. A não ser em vossa casa. 

Fico apaixonada, até quando ele diz não, até quando ele choraminga mal disposto. Se ele põe faladura, eu derreto logo.

Adoro.

3 comentários:

Melancia disse...

Os meninos fazem cursos de meiguice e nós fazemos workshops de "Como se derreter com o seu filho quando ele faz beicinho enquanto lhe ralha", " Ria-se sempre que ele faz a asneira mais linda" e " Como ganhar o dia a cada palavra nova do seu pequeno" eheheheheh

Maria de Lurdes disse...

É verdade,sim!

Temos que tirar um curso de sobrevivência e resistência!

raquel disse...

uiii nem imagino quando este pequeno daqui de casa começar a "botar faladura"!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...