INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

quarta-feira, 14 de março de 2012

Um acordar muito doce

Ainda não esqueci e lembro sempre que vou buscar o meu filho de mais um longo soninho bom. A passagem que me ficou gravada da primeira avaliação do colégio (que emoção, o meu filho já é avaliado...), nas palavras da querida educadora a quem adoro: o Pedro tem um acordar muito doce. Ela leu, concordamos que sim, comentamos, e falamos de mais pormenores e tantas outras coisas boas.
Mas essa ficou-me, o Pedro tem um acordar muito doce.
E tem. Acorda sempre muito feliz, muito contentinho, recebe-nos com muito riso, olá olá olá e um abraço apertado. Ele adora dar abracinhos, ficamos apertados tanto tempo e nunca é demais, quer sempre continuar assim mais um pouco, devagar, perdido no tempo, com a cabeça enterrada na curva do pescoço e a dar saltinhos no colo, o malandreco.
Depois palra, fala muito, coisas do dia dele que só ele sabe e só ele entende, mas eu cá me inteiro de tudo, fica partilhado só entre nós. E dá beijinhos e aponta a nossa boca e o nariz e tenta tirar-me os óculos, ainda e sempre que os tenho postos.
Mesmo se acorda a chorar, não sei se por estar estremunhado, se por ter tido um mau sono, talvez até um pesadelo (embora eu ache impossível o meu menino tão feliz ter pesadelos...), o Pedro chora manso e ainda quer mais abracinhos, mais beijinhos...


Acho que se perguntassem ao meu filho e ele soubesse responder, diria que a parte favorita do seu dia era sempre que acordava.
Então, que seja doce.

8 comentários:

Magui disse...

No outro dia fizeste um post da cara "quem me trouxe!" e hoje do acordar doce e tenho a dizer que o meu filho com 6 meses é igualzinho nestas 2 coisas! Acorda com o maior sorriso do mundo e mimento que me derrete e faz sempre aquela cara de espanto (e sempre sem sorrisos) quando vê uma maquina de filmar ou fotografar!
Um beijinho grandes

Kiki disse...

Sabias que a forma como a criança acorda é muito influenciada pelos pais? :)
Se os pais forem pessoas serenas, felizes, a criança acorda serena e feliz. Se os pais forem pessoas alegres e brincalhonas, a criança acorda alegre e brincalhona. Se os pais forem pessoas ansiosas, etc etc...
Claro que isto não é papel timbrado! E claro que todos temos dias melhores e piores. Mas regra geral é assim! Que sorte que o Pedro tem por ter um acordar tão doce! ;)

Maria de Lurdes disse...

Magui, que giro!
Tenho cá a ideia de que todos os bebés são diferentes, mas há sempre tanta coisa que os aproxima, se não é uma coisa é outra... Que seja o acordar doce, é tão bom...

Kiki, fico contente em saber! Nós temos os nossos stresses, mas com o Pedro baixamos sempre a voltagem, é inevitável...

Batata-frita-mãe disse...

Que sorte! O meu tem um acordar muito azedo. Herdou o mau acordar do pai. Que sorte a minha.

Melancia disse...

O diogo também partilha dessa doçura ao acordar, mas maior doçura tem ao adormecer! Antes de dormir, o sono grande da noite, pede-me, apontando, para o carossel de música, uma dança! Eu rodo, a música toca e ele abraça-me para dançarmos no escuro, antes de o deitar! Coisas destas hão-de percorrernos a memória quando formos velhinhas

Elix disse...

Que doce!!!!
A minha também adora dar abracinhos... e diz sempre olá logo que entro no quarto... é tão bom!

MissBlueEyes disse...

Maria de Lurdes, o meu S. está exactamente igual :) Acorda sempre com um sorriso nos lábios, e dá abracinhos até não o deixar mais.

E a vestir, tarefa árdua ultimamente, é que só quer estar abraçado enquanto o visto. Mas que estes abraços me enchem o coração, e só queria congelar estes momentos, é bem verdade :)))

Ana Princesa disse...

Que amor!
Também conheço um menino assim... mal abre os olhos, sorri e abraça-nos como se fosse a coisa mais importante a fazer!

:)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...