INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Golden Globes 2014

Algumas impressões, que a noite de ontem não deu para mais:

As grávidas:

Mais do que por ainda estar para aí virada, eu gosto sempre de ver como as grávidas se desenvencilham numa red carpet. Ao mesmo tempo que deve ser mais complicado encontrar um vestido que lhes fique bem, também deve ser libertador, porque tudo se lhes perdoa e o melhor acessório já elas trazem na barriga.  "Serve, está feito, next!" E elas são irresistíveis, eu gosto sempre de as ver!

Desta vez, temos a Kerry Washington, a Olivia Wilde e a Drew Barrymore

Kerry: o corte mais original, gostei da ideia daquelas laterais a sair do peito, mas infelizmente tinha umas pinças que estragavam completamente o decote, resultando muito apertado e disforme, o que foi uma pena.

Drew Barrymore: o vestido mais mommy-dança-da-primavera, fofinho como a própria Drew. Mas aquela manga... quem é o responsável por aquela manga apertada e cortada a direito em cheio na parte mais larga de todo o braço? Ninguém merece, muito menos uma grávida a braços com uma segunda gravidez e uma toddler em casa! Só isso explica lhe ter escapado tal argolada.

Olivia Wilde: a mais elegante, arrojada, sexy, tudo e tudo de bom
mas...
 é inevitável, eu não consigo olhar para a rapariga que logo me lembro...

da Cuca!

A deusa:

não é preciso dizer mais nada, pois não? O céu, a Cate é o céu!

O estranho caso da rapariga que tinha 22 anos e aparentava ter 40:

Emma Roberts, vive um pouco, não tenhas medo de ser feliz! 

A miúda tão fora que acertou em cheio:

 Psst, Emma Watson, fofa, tens o vestido aberto como uma bata de hospital e ficaste com os collants à mostra. Não espera, são calças. Não, espera, foi de propósito! Ok, ok... Olha, até é interessante. Agora que te vejo de frente, perdoo tudo a essa carrinha laroca, só se tem vinte e poucos anos uma vez na vida. Ouviste, Emma Roberts?

A desleixada:

 Uma camisa por dentro do vestido?! Uma camisa por dentro do vestido! Julia Roberts, não se admite! Mas quê, falhou a marcação na esteticista?

O dejá vu:

 Assim como nunca mais ninguém vai poder mostrar a perna sem parecer a Angelina, ninguém mais vai poder usar uma capa sem lembrar a Gwyneth. É a vida... Mas o vestido é lindo, pessoalmente gosto mais desta versão.

 O patchwork:

Este belo serviço merecia um "desmanchar tudo e fazer de novo", no workshop de costura de fim-de-semana.

A mãe da noiva matrafona:

Zoey Deschanel, não se faz.


AS MARAVILHAS DA MATERNIDADE

 { Facebook }  { Instagram }  { Pinterest }

7 comentários:

**SOFIA** disse...

e pronto, agora sempre que olhar para aquela rapariga vou-me lembrar da Cuca :DDD

S* disse...

A Drew estava muito feia... :/

Filipa disse...

A Olivia e Cate estão lindass!!

http://Styleloveandsushi.blogspot.com

Ana Maldivas disse...

Hmmm. gosto da Zoe....

Simplesmente Ana disse...

Por mais que olhe, não consigo entender o da Emma Watson... Já o vestido da Cate...*suspiro*

Anônimo disse...

Ahahaha, o que eu me ri agora com o workshop de costura do fim-de-semana e o "desmancha e faz tudo de novo" (tal e qual como eu aprendi! ahahah).
Em cheio estão estes comentários... E sim, a Cate é o céu (e profissionalmente falando também, que é a minha actriz "contemporânea" - i.e. excluindo Meryl Streep - preferida!).
Teresa

Anônimo disse...

A Olívia esta lindíssima.
Só lembra a cuca pela cor do vestido.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...