INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Resistências

Mais um tijolo na construção desta recta final ao encontro do baby Miguel... 
A minha aliança Ainda resiste, mas não por muito tempo. Daqui a nada estará mais próxima do coração, num fio, de onde já não deve sair pelo menos até nascer o meu mais novo. Mas por enquanto ainda resiste, ou seja, não oferece demasiada resistência!


Engraçado, que este é mais um sinal de que, apesar de tudo, estou em melhor forma nesta gravidez que na anterior: apenas agora começo verdadeiramente a aumentar a sério, a inchar, ao passo que com o Pedro foi mais cedo, sem dúvida... 

E uma pequena curiosidade, não sei se acontece apenas a mim: a minha aliança fez um calo na palma da minha mão, mesmo abaixo de si. É o único calo que tenho e adoro-o, o meu calo do casamento, como que simboliza as durezas, as fricções, mas simultaneamente as constâncias e perseveranças do casamento. Ele que fique. 

3 comentários:

Mamã da Princesa disse...

É lindo esse amor pelo calo! Eu também tive o mesmo calo! Mas, tenho uma má notícia a dar-lhe: ele desaparece pouco tempo depois do bebé nascer. Talvez devido aos toalhetes e pomadas e óleos, todos eles bem hidratantes, que vão suavizando as nossas mãos.

ML-As Maravilhas da Maternidade disse...

O meu calo apareceu ao fim do primeiro ano de casamento, não é recente. Curiosamente, desde que as mãos começaram a inchar nesta gravidez, ele começou a suavizar... talvez seja por estar mais aconchegado...

beijinnhos

Mariposa Colorida disse...

A minha só saiu quando emagreci 27 ks, depois de ter a minha segunda filha, porque me saia do dedo. Nas gravidezes nunca.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...