INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Planos



Se eu deixasse na mão do meu marido os nossos fins-de-semana, só os teríamos planeados no Domingo à noite.
Apenas no Domingo à noite ele lembrar-se-ia que teria sido giro ir ali ou acolá, que podíamos ter ido passar o fim-de-semana a uns ou outros avós, que podíamos ter ido passear.

Porque se tivesse o fim-de-semana livre (e quando os tem livres...), as manhãs seriam passadas a dormir, o Sábado a enviar mais uns e-mails, a rematar mais umas coisas e depois a vegetar, exausto. Ele trabalha que se farta, mesmo. A tarde de Domingo seria passada a deprimir por ser Domingo e a noite a lembrar o que poderia ter feito no fim-de-semana... É que estou a ver o filme todo.

Por isso já sei perfeitamente como é. Como boa produtora executiva deste casamento, que sou eu, thank you very much, tenho a minha agenda sempre controlada, tem de estar, senão nem o nosso miúdo ao colégio ia ou do colégio voltava, ficava esquecido a um canto, criado pelos lobos, poverello, quanto mais fins-de-semana. A dele, eu vou controlando diariamente, "Como é o teu dia amanhã? Como é o teu fim-de-semana?" E consoante a resposta, vou vendo que amanhã pode vir buscar o miúdo comigo e irmos ao parque ao fim da tarde, que este fim-de-semana vamos aqui, que o próximo vamos ali, sempre num malabarismo irmamente equilibrado.

E assim vão nascendo os fins-de-semana e as mini férias, partem do tempo livre que se avizinha lá por quinta-feira e vão-se alinhavando na minha cabeça. Na desta produtora executiva que vos fala. E como bom chefe de estúdio, ao meu marido apenas basta dizer, "Sim senhora, está feito, negócio fechado e decidido, venha de lá esse fim-de-semana!"

E quando eu quero esquecer que o mundo existe, basta deixar o fim-de-semana na mão do meu marido.

7 comentários:

Kiki disse...

hahahaha Trabalho de equipa! :D

Simplesmente Ana disse...

Cá em casa é muito semelhante. O pior é que nem sempre acha graça ao planeado e lá tenho que inventar outra coisa ;)

Marta disse...

Olha que o meu é um desses. Se não sou eu a puxar por ele para fazer isto ou aquilo, o tempo passa e não fazemos nada.

Elix disse...

Apetece-me dizer " atrás de um grande homem está sempre uma grande mulher" ;D

B. Cérise disse...

Amei a referência a 'produtora executiva deste casamento'! Cá por casa é exatamente igual, com a facilidade de não termos filhos, mas se fosse pelo homem da casa, os fins de semana ou os dias de folga (que nem sempre são uma e a mesma coisa...infelizmente) seriam passados a vegetar no sofá! E também tenta-se que haja equilíbrio com as coisas que é preciso fazer e aquelas que gostamos de fazer.
Contei-lhe sobre este título novo e ele achou piada ;)
Beijinhos e boa continuação desses equilibrismos!

Maria de Lurdes disse...

Todos iguais ;))

Anônimo disse...

parece-me que afinal não escolhi "produto" exclusivo...há muitos iguais...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...