INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

terça-feira, 26 de junho de 2012

Os dilemas de vestir meninos e meninas



A diferença entre escolher e comprar roupa para menina e roupa para menino é abismal, diria que são desafios diametralmente opostos.
Para um menino, o desafio está em escolher o melhor possível perante a pouca escolha que temos.
Para uma menina, o desafio está em escolher o melhor possível perante a imensa escolha que temos.

Para mim, nesse aspecto, ter um menino é muito libertador. É apaziguador saber que encontramos e trazemos sem dificuldade tudo quanto realmente gostamos porque o sortido é escasso e as peças que realmente gostamos são ainda menos. Nunca fico com pena de deixar aquela t-shirt tão gira para trás porque eu trouxe-as todas e eram duas. O miúdo podia ter uma peça do que gosto em cada cor do arco-íris e ainda assim sobrava espaço na sua cómoda.
Se fosse assim com a minha roupa eu seria uma mulher ZEN. Mas não, porque eu sou uma menina e o centro comercial foi feito a pensar em mim.
Por isso mesmo, ter uma menina deve ser uma delícia de possibilidades mas também uma frustração, porque devemos ser inundadas por milhares de peças lindas, tornando a escolha diabólica e a tentação constante. A qualquer momento podemos ser assaltadas pela próximo vestido que temos de comprar e temos de estar constantemente a refrear-nos para não cairmos no ridículo de termos o armário da bebé em imparável crescimento mais recheado do que o nosso próprio armário.

Pela boa saúde e paz do meu espírito inconstante (e da minha carteira, já agora), espero que o jogo da agulha feito há milhares de anos não me falhe e eu sempre venha a ter o tal segundo menino tão cientificamente vaticinado!

13 comentários:

Smile and Up! disse...

É verdade. Sempre que vou comprar roupa para o Baby Boy, penso no "pesadelo" que seria se fosse uma Baby Gilr! :)

Elix disse...

Nem mais! Eu, mãe de uma menina, me confesso... é realmente muito dificil conseguir-mos manter a sanidade mental e monetária com tanta escolha... e quando falo penso principalmente na Zara e H&M... para mais que principalmente esta última têm preços "ridiculos" que nos faz pensar "ah é só 3€ porque não?"....

Maria disse...

Verdade! Apesar de achar que ainda assim consegui abusar quando o meu filho era bebé porque achava graça a tudo e comprava e comprava... agora com a minha pequena é ainda pior, um desvario e tenho de me controlar porque já iniciei a coleção de peças que ela não vai vestir!! : /

Batata frita mãe disse...

Pois eu prefiro que me calhe uma menina! Tantas vezes fiquei triste por não poder comprar uma ou outra peça linda de menina. É verdade que ter um menino é bom para a carteira, mas eu ADORAVA entrar no mundo das gajas!

Ana Cooks disse...

Se há blogue amoroso, é este!
Sem dúvida :)

Aline disse...

Também concordo contigo. Mas ter uma menina e montar um guarda-roupa para ela seria uma tentação.

**SOFIA** disse...

haja dinheiro para sustentar uma menina :D agora vou ver o ooutro lado da moeda!!! no meu caso, também me fiei no teste da agulha de há milhões de anos e sempre que comprava uma peça básica para ela, pensava nesse hipotético rapaz que haveria de chegar. e não é que chegou mesmo!
agora já tenho muitas coisas dela que ele vai usar de certeza :D

art.soul disse...

realmente a escolha é muita e ULTRA deliciosa. eu derreto-me com vestidos, o resto pode esperar. e como é a carteira e as necessidades a ditar o que se compra não há dificuldade nenhuma:)
ser mãe de uma menina, para mim, vai muito além do vestir e não me importava de ter um autêntico harém lá por casa :)

eu disse...

Eu também tenho um menino e o que mais me irrita, não é a falta de escolha..ou melhor, a pouca escolha que nos é oferecida. O que me chateia, é o miudo ter pouco mais que dois anos e meio e as roupas já serem todas com bonecos e desenhos como se ele tivesse 15!
Nunca gostei de roupas "abebezadas", mas também não gosto do que tenho ultimamente visto. Depois o que é mais o meu estilo é carote... Mas sim, é muito mais fácil ser mãe de um boy do que uma girl, neste aspecto...e nos outros, tb pronto :P

Quanto ao jogo da aulha..estou lixadinha, pois parece que a seguir ao Afonso Maria, vou ter uma Maria Madalena ;)

Logo se verá!
Bjs gds

Raquel Alves disse...

Pior do que ceder às tentações das coisinhas bonitas de meninas é a frustração de, no dia a dia, dar mais jeito vestir as calças/calções e t-shirts e os vestidos ficarem no armário, ainda com as etiquetas...

Mas, de facto, como disse alguém nos comentários, ter menina é mais do que o vestir/despir...
A companhia/cumplicidade que ela (já) faz nas 'coisas de gaja' não tem preço!

Da próxima, porém, gostava de experimentar o menino! a ver vamos...

Maria de Lurdes disse...

Isto do vestir crianças literalmente dá pano para mangas!

Ai a chalaça!

Mas atenção, falo aqui apenas do vestir, não de tudo o que constitui os universos paralelos sempre de mãos dadas que são as raparigas e os rapazes... há muito mais que os distingue e ainda mais que os une, naturalmente!

Beijinhos a todas

Sofia disse...

Já assumi que ter duas raparigas há de me levar à ruína...

vanessa rodrigues disse...

Verdade verdadinha. Eu tenho uma menina com 22 meses e tem mais roupa desta estação que eu do ano inteiro. Ir ás compras é uma verdadeira tentação! Adoro, amo tudo! E sapatos? Ui! O meu marido passa-se!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...