INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Vestidos pré durante e pós gravidez

Ainda faltavam meses para sequer engravidar e já eu olhava para as roupas nas lojas com outros olhos. Para cada peça eu fazia o mesmo exercício: será que esta peça pode ser usada quando estiver grávida?
E de forma um pouco inconsciente comecei a comprar vestidos longos, túnicas, tops mais vaporosos, peças que depois me vieram salvar muitas vezes durante a gravidez do Pedro e que depois voltei a usar, como se nada se tivesse passado com o meu corpo. E durante a gravidez continuei a fazer o mesmo, ia sempre à roupa normal, mesmo que comprasse o número acima. E hoje continuo a usar a esmagadora maioria das roupas que comprei durante a gravidez. Foi das melhores apostas dessa altura, investir em peças fluídas e longilíneas que eu pudesse usar depois, sem dúvida.

Claro que facilitou imenso eu não ter ganho demasiado peso, bem como estar no auge da gravidez durante o Verão (já o tenho dito e volto a afirmar: o timing gravidez em Janeiro, nascimento em Outubro é a melhor coisinha que nos pode acontecer, sob todos os aspectos, e da próxima volto a fazer essa pontaria, vamos ver se tenho sorte...), mas o mesmo se consegue, com um pouco mais de imaginação, fazer no Outono/Inverno/início de Primavera.

Quando vi as últimas dezenas largas de propostas da Mango em termos de vestidos para este Verão, lembrei-me logo das grávidas da minha vida e das futuras grávidas (incluindo eu) e de todas as pessoas que gostam de usar vestidos maxi ou mini, estejam ou não grávidas. Ou seja, lembrei-me de todas nós,
I'm every woman :DDD








Aqui ficam os meus preferidos, entre aqueles que eu acho que podem ser perfeitamente usados por grávidas, quer seja por terem um corte evasé, quer seja por serem num tecido strech, quer seja por terem um decote império ou direito. Temos longos com estampados, sem estampados. Temos curtos que podem ser usados pelas mais elegantes ou com leggings durante os meses mais complicados, em modo túnica reinventada. Temos com mangas, sem mangas...

Estes são todos da Mango, mas tooooodas as marcas têm a sua oferta, basta procurar, ninguém tem porquê ficar triste e com as promoções que hoje arrancaram por todo o país e por todas as marcas, vale a pena a procura.
Vamos ver se consigo reforçar o meu stock ainda este fim-de-semana!




13 comentários:

Smile disse...

Vestidos + Riscas
Rendi-me!

Maria de Lurdes disse...

Smile, o das riscas pretas e brancas também é um dos meus preferidos, está fantástico!!

:))

Silvana Santos disse...

Os curtos terão tendência a ficarem ainda mais curtos com o crescimento da barriga xD Alguns ficarão perfeitos com leggins e como dizes, poderão ser usados no pós gravidez. Adorei vários, principalmente o curto azul escuro com riscas vermelhas <3

macaca grava por cima disse...

Amo o 6º e o 7º, apesar de não ser mt dada a vestidos compridos.

Mãe das Marias disse...

Adorei a selecção!!!

Esta, não a portuguesa ;)

bjs

Smile and Up! disse...

Eu fiz a mesma opção, roupa normal um nº acima! E estou de olho novamente nestas roupitas... estas sugestões são lindas!
Obrigada pelo voto!!! ;)

**SOFIA** disse...

é para todos os gostos!!! lindos, dá já vontade de ir passar o cartão!!!

amiga da onça disse...

Vestidos para antes durante e depois era impensável.
Durante as gravidezes fiquem fartinha da minha roupa por mais que tivesse, e depois do bébé nascer só apetece peças justinhas ou pelo menos mais ao meu corpo.
Cada roupa tem o seu momento.
Não me parecesse nada que a maioria das mulheres use a mesma peça antes durante e depois.

Elix disse...

E que boas dicas! Também quero encontrar um perfeito...

Maria de Lurdes disse...

Obrigada rapaziada, só espero poder encontrá-los ao vivo e a cores, para experimentar bem antes de comprar!

Amiga da Onça, olhe que sim...

Conheço uma grávida que pensava exactamente assim, mas agora que está com uma gravidez "de Verão" vê as coisas de outra maneira, pode ser o seu caso também.

Se não se engordar muito há imensa roupa que se pode adaptar!

Anônimo disse...

Eu concordo com a Amiga da Onça. Já passei por três gravidezes (sendo que duas delas são dessas, arranjadas em Janeiro e bebés nascidos em Setembro) e nunca vesti a roupa grávida e não grávida. Enquanto estava grávida comprei imensa coisa "normal" por não gostar da roupa de grávida, tudo um tamanho acima do meu bem entendido e são peças que nunca vesti sem ser no imediato do pós-parto. Depois de recuperar o tamanho normal (2 meses no primeiro, 3 nos seguintes) nunca mais vesti nada. E é exactamente pelos motivos que diz a Amiga da Onça. Eu engordei entre 11 e 14 kg nas 3, acho um aumento normal mas mesmo assim os meus braços e pernas (e ancas e rabo, vá) não ficaram nada parecidos com o normal. E a roupa grande faz me sentir desconfortável e feia.

MarianaS disse...

De facto, passar s gravidez durante o verão facilita essa flexibilidade de guarda-roupa, eu desta vez confirmo-o...;)
Mas compreendo o ponto de vista da amiga da onça, há um factor psicológico importante. Da outra vez, não tinha vontade nenhuma de usar a roupa que tinha usado durante a fase balão, porque ansiava regressar ao corpo de antigamente e tudo me fazia lembrar o quanto faltav ainda para a recuperação...
Enfim, veremos!
Ah, os vestidos são todos top! :)

Simplesmente Ana disse...

Eu também adorei estar grávida nesse período e nem sequeer sofri com o calor. Apenas tensão baixa, mas isso já é costume. Todos me diziam que era a pior época, grandes aldrabões ;) De grávida, só comprei duas calças e uns corsários. Nada mais. Ai, que saudades!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...