INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Ainda hoje


O miúdo estava possuído no super.
Mas também, quem nos mandou levar um miúdo de quase dois anos, às sete da tarde, ao super-mercado? Claro que ele não aguentou mais de cinco minutos no assento do carrinho das compras. Passou de lá para o carrinho, depois para o chão, depois para as prateleiras dos livros, depois para os corredores a correr, depois para os corredores a gritar e depois para o átrio a chorar. Felizmente nessa altura já estávamos à espera do elevador para sair.
E lá andava eu a encher o carrinho das compras e ele a gerir a nossa inconveniência portátil.

E se às vezes temos de gerir mesmo a inconveniência que o comportamento destrambelhado dele pode ser para os outros ou para nós próprios, outras vezes temos de nos sujeitar a uma cena em público, porque lá está, estamos a criar um ser humano e isso faz-se dentro de casa e muito também fora.

Pedimos desculpa por qualquer inconveniência. Prometemos ser breves.
O mais breves possível.
Um par de anitos?


6 comentários:

Simplesmente Ana disse...

Por acaso eu sou uma desavergonhada no que toca às biras da minha filha em público. É-me indiferente se é em casa ou na rua. MAs também não têm sido muitas, verdade seja dita.

Gi disse...

A minha filha está igual...com um ano e meio tem uma energia (e um temperamento) que deixa qualquer um de rastos. Quando faz cenas em público é de deixar todos a olhar para nós...confesso que me incomoda incomodar os outros e tento, com voz grossa e agarrando as mãos, acalmá-la mas, na maioria das vezes, fica a berrar porque não lhe dou o que ela quer (já os avós...enfim). Ontem falava nisso com o meu marido: Será que somos nós que estamos a errar na educação e a criar uma terrorista? Será no infantário? Será realmente a dita personalidade? Por vezes cobiço os miúdos bem comportados dos outros mas olha, ao menos tenho uma filha linda, perfeitinha,e que eu adoro.

Elix disse...

É mesmo verdadae ;) No outro dia comentava com um casal amigo que também tem um piolhito.... antes eramos nós que estavamos na mesa da esplanada ao lado e ouviamos as criancinhas gritar e brincar, hoje em dia somos nós os destabilizadores ahahahahah...

Raquel disse...

ahahahah!!! parece que me estou a ver... :) o meu dá notas que eu nem sonhava que existiam tanta é a alegria de ir ao supermercado! :s

Vecas disse...

Já somos 2, apesar do meu Gustavo ser mais novo, já ando a ficar com os cabelos em pé com as birras! a pensar anda uma mãe a criar um filho para isto, vou ter que engolir muita coisa, que achava que não era assim antes de ser mãe!

**SOFIA** disse...

citando aquele filme tão lindo e tantas vezes revisto:
"big mistake, huge!"

:DD

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...