INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

quarta-feira, 18 de julho de 2012

As minhas sardas

Este post também pode ser lido em ConsultaClick.com Portugal, aqui: http://consultaclick.pt/blog/2012/07/17/as-minhas-sardas/


Eu tenho sardas. Durante o Inverno hibernam: adormecem , definham e quase desaparecem. Com os primeiros raios de Sol começam a acordar e no Verão despontam, dão o ar da sua graça e deixam-me toda pintalgada.
Mas nem sempre foi assim. Nem sempre tive sardas. Lembro-me perfeitmente de quando apareceram. Surgiram todas de uma vez, num Verão poderoso. Teria uns oito anos e passava férias na praia. Em plenos anos oitenta, ainda não se usava tanto os protectores solares como hoje, lembro-me perfeitamente de usarmos o famoso creme Nívea da lata azul no rosto e ombros, mas pouco mais. Também não é que passássemos muitas horas na praia, mas lá que a proteção não era o nosso forte, não era. Buraco na camada de ozono, UVA, UVB, o quê?
Nesse Verão, abusei. Fugiu-me o Nívea do rosto e escaldei-me à grande. Apanhei um escaldão tão forte, tão fulminante, que criou crosta. Uma crosta grossa, sobre o nariz e maçãs do rosto, que não cedeu com creme hidratante – que isto o creme da lata azul dava para o antes, o durante e o depois, uma maravilha! Não tanto, neste caso.
Quando a crosta finalmente começou a pelar, saiu às postas e, por baixo, estavam as minhas sardas. Surpresa! Ainda hoje não sei se gosto delas. A verdade é que não lhes acho grande piada, mas quem as conhece diz que gosta…
Que outras surpresas me reservam estas sardas e a sua história? Às vezes penso se não terei aqui um trinta e um em incubação e um dia ainda venha a ter aqui um grande desgosto… Com a nossa pele não se brinca, nem por conta da bola azul. Protege-se e mima-se, é o que merece o nosso maior orgão.

5 comentários:

Tânia ♥ O Nosso Mundo Perfeito ♥ disse...

Tb apanhei um desses, e tenho sardas, ups perdão, agora são manchas feias :(

Marta disse...

Também me lembro tão bem de usar Nivea como protector solar. Andar de cara branca à custa disso (odiava!). Mas aquilo tinha algum tipo de protecção solar, será? O que é certo é que lá ia protegendo qualquer coisa, se calhar era mesmo a pasta branca que fazia bloqueio aos raios. Enfim, outros tempos, deixam saudades numas coisas mas preocupações noutras tantas.

Jo disse...

A minha mãe tem imeeensas sardas também e eu acho que lhe dá um ar muito engraçado ;) No entanto nunca perguntei se, tal como a ti, lhe apareceram assim todas de repente... Eu tenho pouquinhas, só na zona do nariz e maçãs do rosto, e também só aparecem no Verão.

Teresa disse...

É verdade, o sol é mais perigoso do que parece, é completamente indispensável proteger a nossa pele.
As minhas sardas também regressaram com toda a sua força este Verão. Eu por acaso sempre de sardas em todas as pessoas, dão um ar mesmo querido :)

Gi disse...

A história das minhas é semelhante...muito Verão em miúda sem protecção e, mesmo a que tinha, facilmente saía na água. Essa do creme nívea sempre me intrigou; a minha mãe nunca nos meteu disso e eu continuo a não por pois tenho ideia - provavelmente errada - que sendo um creme tão gordorento que frita com o sol podendo levar a bolhinhas de água...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...