INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

À conta disto...


...Ontem tivemos mini sinfonia que até acabou muito bem, mas podia não ter sido assim...

Antes de me deitar, lá fui eu ver como estava o Pedro, que sem isso não me deito. E ele como habitual estava todo torto. Mas mais que torto, estava ao contrário na cama. Ora, a cama de grades já começa a estar pequena para ele, ou ele demasiado grande para ela. Certo é que, para o pôr no sentido correcto - e tem de estar porque ele tem de estar tapado quando me vou deitar, porque sinto-o sempre frio (eu sei que é de mim, uma friorenta incurável, fazer o quê?), não basta dar-lhe a volta. Tenho de o pegar em peso e voltar a deitar.
Ora, isso às vezes acorda-o e desta vez foi o caso. O problema foi que a pepê estava MIA e estive que tempos à procura dela. Resultado: acordou mesmo. Assim que lhe dei a chupeta, virou para o lado e pensei que estava safa. Mas 20 minutos depois, quando já estava mesmo acabadinha de adormecer...

Choro! "Mããããeeee" Choro!

E lá fui eu acalmá-lo e tentar a minha sorte para que voltasse a adormecer. Mas qual quê. Ele agarrou-se a mim, "Colo Colo" e não descolava de maneira nenhuma. Abracinho para a frente, abracinho para trás, de cada vez que o tentava deitar, ele agarrava-se com redobrada força e começava a chorar.
Tomei uma decisão executiva (a última do dia!): sentei-o na cama e disse-lhe num tom baixinho, devagar e sério: "Pedro, está na hora de dormir. Estão todos a dormir: o pai, o cão, os popós, a Nonô, a Dita, o Uki, estão todos a dormir, não vês? Tu também vais dormir, não quero mais choro, tens aqui a pepê, não vais chorar."
E ele ficou sentado na cama, que se recusava a deitar e a pôr a chupeta, mas lá calado estava.
Eu saí de fininho e fui a correr para a cama aproveitar os dez segundos antes de ele voltar a chorar.
...
...
...
Não chorou! Não ouvi mais nadinha!

Entre o estremunhado, o sono cortado mas latente, a minha voz calma e firme e ver que o cão e o Uki estavam de facto a dormir, ele lá se resignou e dormiu também.

WIN

5 comentários:

Elix disse...

Revi-me nesta tua descrição!
Eu tenho um truque em relação á tuta/pepê/xuxa ;D tenho várias igualinhas, então quando durante a noite ela acorda e senta-se á procura da tuta eu dou-lhe outra que está na gaveta ao lado, assim não corro o risco de perder tempo a encontra-la... assim já o fazemos em modo robô meio acordada meio a dormir ;D
bjs*

MarianaS disse...

UUUiii, que eu vi esse filme tantas vezes!
Não esquecer: várias chuchas na cama e SEMPRE uma guardada num sítio certo para estas ocasiões.

Anita Catita disse...

Faço exactamente o mesmo..3 xuxas no quarto para poder socorrer-me no meio do sono, só com um olho aberto ;)
A diferença é que não precisam ser iguais, a minha filha agarra qualquer xuxa :D

Maria de Lurdes disse...

Obrigada pelas vossas sugestões!

O Pedro não tem o hábito de acordar a meio da noite, apesar de às vezes me dar bastante jeito ter várias chupetas espalhadas e nunca tenho...

Esta situação foi mais por ele ter acordado ao virar, aí é que tive azar, redobrado pela MIA da chucha...

S* disse...

Boa táctica. Às vezes é preciso cortar um bocadinho o mimo para que aprendam a desenrascar-se sozinhos. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...