INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

{Dia 349}

As imagens que marcaram o dia de hoje estão todas aqui e há cada vez mais imagens e detalhes do que já temos disponível...

No entanto, neste dia agitadíssimo, em que não parámos, em que enfrentei a chuva vezes sem fim (que dia de tempestaaaaade, credo!!), em que mal tive tempo para comer, ainda assim houve um momento altíssimo.

Quando o meu filho, pronto para entrar na banheira, olha para mim e diz, "Mãe, qué cocó! Mãe, qué cocó"
Eu juro que de início nem atentei, pensei que estava a falar por falar, mas de repente acendeu-se uma luz na minha cabeça!

Ele está a pedir para ir fazer cocó!

Xim mamã!

Parou tudo! A água de correr, a roupa de tirar, tudo!

Sentei-o na retrete num ápice e saí em busca da literatura de casa-de-banho (ele queria o livro do Burro. Era isso ou o Público...). Quando voltei, porém, já ele tinha feito chichi. Não cocó, mas chichi.

E nem foi propriamente na retrete, acho que foi mais por fora do que outra coisa. Volta e meia, lá ele falha o buraco enorme sobre o qual está sentado (?!)... Ultrapassa-me...

Mas isso agora não interessa nada. Ele pediu para fazer cocó!! E fez mesmo (chichi, mas pronto, o que conta é a inenção!). Um marco histórico, portanto. Mais um!

E pronto, no meio de tanta emoção, assim vão as maravilhas da maternidade...

Um comentário:

Aline r disse...

Pois é assim que se começa. Muito bem. O meu levou quase até aos 3 anos para pedir. Só fazia na sanita se eu lá o colocasse, pois não pedia. O teu pequenino está completamente apto para dar início ao desfralde porque já tem consciência. Já pede.
Parabéns.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...