INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

BB Cream - os orientais III

Depois de já ter experimentado e usado alguns dos cremes que a Pretty Shop me enviou para avaliação, posso já avançar com a minha opinião sobre alguns dos produtos. Finalmente! Não tem sido muito simples,porque os cremes são muitos e às vezes é difícil encontrar diferenças marcadas ou experiências de utilização verdadeiramente diferenciadas entre si, mas cada creme tem a sua particularidade, há que distinguir.

Começo então pelo mais simples de avaliar de todos, porque na verdade não era um creme, mas um gel de limpeza:
Elisha Coy BB All-In-One Cleanser: é um gel transparente e pouco espesso, com um aroma suave, muito pouco pronunciado. As instruções diziam para ser usado na pele seca, massajar e retirar com água morna. Usei-o como desmaquilhante e fiquei bastante satisfeita. {Eu prefiro sempre desmaquilhar-me com água, nada como passar água pelo rosto, não gosto nada de desmaquilhantes em creme...} Apesar de ser leve na aplicação, senti que limpou em profundidade. Além disso, não foi muito agressivo apesar da eficácia, pois não dava uma sensação de repuxar ou de se estar a lavar com sabão. Tirou toda a maquilhagem e deixou a pele bem fresca e totalmente limpa. Em suma, cumpriu bem o pouco que espero de um bom gel desmaquilhante, ou seja, que limpe em profundidade, sem agressividade e que deixe a pele suave, não seca.

Outro produto que não ofereceu qualquer dificuldade na avaliação e diferenciação entre os outros cremes que a Pretty Shop me enviou, foi o Skin 79 BB Diamond Pearl.

Imagem retirada daqui.

De facto, apesar de ser apresentado como BB cream, a sua composição ultra nacarada faz com que eu apenas o possa usar como iluminador. Os micro brilhantes, que até se espalham bem, fazem invariavelmente com que a pele fique mais brilhante do que uniformemente iluminada. Por isso, e porque já bem me basta ter a pele mista e portanto naturalmente propensa a brilhos, não me posso dar ao luxo de a pôr com tanto brilho, mesmo que fosse em conjugação com outra base ou creme. Assim, este creme pode ser usado muito bem como iluminador, em pontos estratégicos do rosto, como o alto das maçãs do rosto ou os cantos dos olhos e da boca. Aliás, resulta muito bem assim, melhor até do que um iluminador, porque o efeito é muito mais subtil, não se nota nada que tem alguma coisa, apenas sobressai a área coberta. Saltam logo umas maçãs do rosto cá para fora!

Quanto aos cremes em si, até agora experimentei três e a minha opinião deles é muito semelhante...



2 comentários:

S* disse...

Tem tão bom ar!!

Anônimo disse...

E os brilhos são mesmo invisíveis?
Não encontro um iluminador que não tenha purpurinas.

Bjto Carla

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...