INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

terça-feira, 7 de maio de 2013

Primeiras compras e o que eu já aprendi...

Quando eu estava grávida do Pedro, era a rábula do "fui comprar umas coisinhas para mim, acabei por trazer apenas roupa para ele"...
Agora a rábula já me tirou completamente da equação, esqueçam-me!
Agora vou comprar roupas para o Pedro - que está muito precisado de uma mistura deprimente de calças de treino ou pelo menos com elástico na cintura (jardineiras, calções com peito, e calças de gente são as maiores inimigas de um desfralde bem sucedido, infelizmente), cuecas, calções e t-shirts - e acabo por comprar roupinhas amorosas para o Miguel. Clássico!
Tenho de fazer o inventário das roupinhas que vão passar para o Miguel, a ver se caio em mim e vejo que não precisa de quase nada, mas na verdade apenas tenho comprado peças de fora e das quais verdadeiramente goste, não estou em pânico de "ele não tem nada para vestir!!" Ele tem, sobretudo básicos, posso dedicar-me mais aos miminhos...
E a experiência de ter outro rapaz está a ser tudo o que esperava neste departamento do armário, uma maravilha!

Ele tem tudo! As peças que quero reforçar posso procurar com calma e sem partir do ponto zero.
O Pedro tem imensas roupinhas que estão como novas, vai ser lindo voltar a vesti-las a um filho meu.
E não há dúvidas ou segredos no departamento da roupa de bebés rapazes, pelo menos para bebés de Inverno, que são os meus. Eu sei bem o que eu não quero e o que procuro e só compro o que adoro, já não o faço por necessidade ou azelhice.
Ainda por cima como são da mesma altura, nem sequer tenho a questão de desfasamento de estacões, o timing é o mesmo. Assim é fácil...

 Para já, o que me está a dar gozo comprar são pecinhas de fora: fofos, fatinhos, casacos, golas. Mas sem exageros, senão lá fica metade da roupa por usar (again!!). Ainda por cima, sendo bebé de Inverno e quando são muito pequeninos, passam 90% do tempo em babygrow e eu gosto, porque é o mais confortável. Não vejo qualquer utilidade ou prazer em vestir um bebé pequenino para estar em casa a dormir e comer. Por mim, não havendo visitas ou saídas, babygrow é uniforme! Por isso, se eu encontro um babygrow querido, é meu!


E o que é, para mim, um babygrow querido? É o mesmo de sempre: nada de bonecadas, sempre cores suaves, materiais naturais e suaves, de preferência com golinha. Se tiverem uma gracinha, que seja com muita pinta!
Golas everywhere! Nada compõe mais uma carinha de bebé do que uma golinha. Babygrow com golinha, já ganhou, se não, body com golinha, idem! Não precisam ser muito grandes, gosto delas mais discretas, mas tem de haver uma moldura para o meu repolhinho. Gosto particularmente das golas lisas em bico.


O que vale para a roupa de casa, vale para as roupinhas em geral, não quero saber de bonecadas, nem padrões fortes, nem cores garridas, nem folclore! O Pedro foi um baby muito amoroso e este também vai ser. Privilegio o azul clarinho, as riscas suaves, os padrões pequenos. Dizeres, só se forem muito charmosos e "design" rsrsrsrs

 Nos fatinhos, fofos e demais camadas de de fora: tudo tem de ter acesso directo- entrepernas com molas em tudo! A fralda do meu filho tem de ter sempre acesso directo sem que eu o tenha de despir. Melhor, só o dia em que se inventar molas que se abrem todas ao mesmo tempo num estalar de dedos! Isso é que era bom!


Não sou a maior fã de camisolas, prefiro sempre casacos. São mais fáceis de vestir e compõem mais, mostrando o fatinho se quisermos.
Nada de calças, faz-me impressão ver bebés com cinturas apertadas. Ou estão de babygrow, ou de fatinho completo, ou fofo. É que tenho sempre a sensação que a barriguinha apertada lhes pode causar desconforto, refluxo e cólicas... E nos primeiros meses, nem collants gosto de lhes vestir, mas tem de ser, e então assento-os bem baixos e por cima da fralda. Para mim, collants só com fofos ou quando têm mais de três meses, pelo menos. Eu gosto mesmo mesmo é daquelas calças com pés e de faixa larga na cintura. Vou reforçar o meu stock delas, sem dúvida!


De facto, para mim, não gosto nada de roupa de menino/adulto em bebés. Não quero saber de calças (muito menos de ganga), camisas à pai, ténis, ou outras roupas estilo adulto em bebés. Além de não achar bonito, vejo-os sempre tão descompostos, tão desconfortáveis, as camisas saem por todos os lados, as calças com dobras enormes, parece sempre que são engolidos pelas roupas...
Penso que há um tempo para tudo, e o tempo de serem bebes é para serem vestidos como bebés e estarem muito confortáveis, o que nesses cortes e modelos, a meu ver não estão.  Além de que a roupa de bebé é tão amorosa, e esse tempo é tão curto e passa tão rápido... Há uma vida inteira para vestí-los como adultos, é aproveitar enquanto mais se parecem com anjinhos para os vestir como tal, mesmo que passem o dia todo a gritar a plenos pulmões rsrsrsrsrsrsr

Por fim, como os meus bebés são de Inverno, não volto a cair no mesmo erro da roupinha de verão que "ainda há-de servir"... Não vai. Ele já vai usar tudo - body, camisa, casacos - de manga comprida e tecidos quentinhos. Não vale a pena procurar grande coisa nas colecções actuais. É tudo demasiado fresco.
Tenho sim, encontrado verdadeiros achados nos nichos de colecções de Inverno anteriores... Essas sim vale a pena remexer bem!
E nos saldos logo compro uns mimos para o próximo verão dos manos, sem pressas para usar agora...

AS MARAVILHAS DA MATERNIDADE

10 comentários:

Paulinha disse...

Como estou ansiosa para saber se o baby que espero é menino ou menina! :)
Ainda não comprei nada, queria já comprar sabendo para quem é :)
Faltam duas semanas, para a proxima eco, na altura vou estar com 18 semanas por isso é esperar que esse dia chegue rápido :)

Posts deste género vão ser muito úteis para mim, uma vez que seremos mães ao mesmo tempo e já que é o seu 2º filho e o meu o 1º, há sempre muita coisa a aprender!

beijinhos

Pucca disse...

Adoro roupinha de bebé!

Visita: http://omundodepucca.blogspot.pt/

Sofia disse...

Um post com o qual me identifiquei completamente!!! /Tivesse eu rapazes! Mas vou já enviá-lo para as amigas mães to be de rapazes para umas "luzes". Bj e obrigada!

Anônimo disse...

Só faltou o calçado. O que calçar na fase de bebé? é que nesses fofos e fatinhos exteriores que colocaste não há pés. Ao meu bebé as avós ofereceram imensos carapins tricotados por elas mesmas, mas acabaram por ficar na gaveta por não gostar de os ver fora de casa. Por sorte ofereceram tb um conjunto feioso da pré-natal que trazia ums sapatos de pano, bastante elásticos que não forçavam nada o pé porque eram moles e só aqueciam mesmo, não era para caminhar.
Achei o post muito útil, só não sou adeptas das golas redondas que quase sempre aperecem nos blogues. Em meninos acho demasiado beto. Mas já as de bico tenho e usei.
Podias também falar um pouco da roupa oferecida já usada e das lojas em 2.ª mão, nos tempos que correm acho que fazem todo o sentido, mas há muito quem tenha o preconceito do usado.
beijinhos
Ana

ML-As Maravilhas da Maternidade disse...

Obrigada a todas!

Ana, quanto ao calçado, enquanto são recém-nascidos, ou uso realmente as botinhas de lã, ou umas meias mais trabalhadas por cima das meias, ou nada, apenas as meias...
Sapatos em pequeninos é para esquecer, saem em meio minuto ou parecem uns barrotes.

Quando têm mais de três meses, já dá para lhes calçar botinhas em pele com atacadores, foi o que mais lhes calcei...

Já falei anteriormente sobre roupa em segunda mão, eu sou grande fã! Então enquanto são pequeninos, encontra-se roupa NOVA, ainda com etiqueta e tudo, por uma fração do preço e linda, basta procurar.

E imensa roupa do Miguel passou do irmão, e imensa roupa do Pedro era dos primos, sou super adepta da partilha!

Beijinho

Anônimo disse...

Tem polainas com desconto na pré-natal http://www.prenatal.pt/shop/Moda-0-36meses-Polainas.htm?id=cat5820065

São é de elástico na cintura. Sem elástico encontram-se muito bem nas feiras e nas lojas de comércio tradicional. Não se esqueçam do comércio tradicional, por favor!

MarianaS disse...

Sim senhora, um óptimo briefing sobre roupas, mamãs de fresco, tomem bons apontamentos!

me disse...

Olá onde comprar bons babygrows com esses botões, na zara? Sou da MAdeira e queria oferecer a uma amiga mas sinceramente às vezes não sei onde procurar. Até pq n queria oferecer o típico calças de ganga e t-shirts..queria um babygrow..acho-os mais giros e práticos. E quem é mãe é que sabe, por isso este post foi mt bom! Beijinho

ML-As Maravilhas da Maternidade disse...

O babygrow com botões de madrepérola é da Sucre d'Orge, não sei se haverá na Madeira...
Se tiver oportunidade de encomendar online e for possível o envio para a Madeira, vale a pena ver o que têm marcas portuguesas como a DOT, ou outras que estão nos likes do favebook das Maravilhas, geralmente as marcas portuguesas têm peças lindas e não muito caras.

De qualquer forma, a Zara tem roupa para recem nascido muito amorosa, vale a pena espreitar, a Zippy também. Talvez na Madeira exista alguma Jacadi, Laranjinha, Knot ou lanidor baby, são marcas melhores que têm franchisados...

De qualquer forma, não vai ter dificuldades em encontrar, tenho a certeza! Espero ter ajudado, beijinhos!

me disse...

Olá obrigada pela sua resposta, eu de facto como entendo mt pouco sobre roupa de bébé, não sei se essas marcas existem na Madeira, mas vou pesquisar! Os conjuntos da Sucre d'Orge são um mimo :) Eu acabei comprando na Chicco um babygrow, estavam com desconto e acabou por ficar baratinho. Achei um mimo e é como a ML diz acabam ser mais práticos para andar por casa. Mas não sei se a mãe vai gostar por isso vai o talão de troca "por si acaso". Muito Obrigada pela atenção qdo for mamã hei-de seguir as suas indicações mt esclarecedoras. ;) Bj Raquel

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...